Nestes momentos de maior isolamento social, e quando as rotinas são completamente alteradas, é importante não descurar da atividade física e diminuir o comportamento sedentário (mais tempo sentado ou deitado). Pode ser prejudicial para a sua saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Provavelmente já não tem as sessões de terapias que habitualmente tinha. Mas não significa ficar parado. Realize os exercícios que a sua terapeuta indicou e que habitualmente faz.

O mesmo se aplica aos cuidadores, que poderão sentir um cansaço maior que o habitual, cuidem-se!

Cuidados a ter com os idosos e pessoas com deficiência:

  • Tomar banho e hidratar a pele todos os dias;
  • Vestir-se como se fosse sair;
  • Manter-se o mais ativo possível, participando em todas as atividades domésticas;
  • Mudar de posição a cada duas horas, aliviar zonas de maior pressão para evitar feridas (região final da coluna, calcanhares, anca, tornozelos);
  • Ter um posicionamento correto (bom alinhamento dos segmentos corporais);
  • Realizar exercícios que permitem mobilizar todas as articulações do corpo (cervical, braços, tronco, pernas)
  • Realizar exercícios de equilíbrio e coordenação;
  • Colocar-se de pé (com ou sem ajuda), vários momentos do dia;
  • Caminhar, quando possível.

Associação Paralisia Cerebral de São Miguel

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

EnglishSpanishFrenchGermanPortuguese
× Peça um orçamento sem compromisso.