Apesar da fala ser a forma mais comum de comunicação, existem inúmeras situações em que, temporária, ou permanentemente, são impossibilitados de recorrer a esta. Quando nos deparamos com uma pessoa com uma perturbação a este nível existem alguns erros comuns em que incorremos, p.e.: gritar, como se quem tenta comunicar fosse surdo; falar com os familiares sem tentarem primeiro dirigir-se à pessoa alvo; muitas perguntas de confirmação e negação; muitas ordens; entre outras. Não descurando do facto de à partida existirem menos interações e diversidade pelos contextos e interlocutores limitados em que estão inseridos., que possibilitem a participação 

Existem algumas dicas/estratégias que pode adotar para se tornar um melhor parceiro comunicativo, entre as quais: falar menos; fazer perguntas de resposta aberta; dê opções; provocar a comunicação sem fazermos tantas perguntas utilizando as suas motivações; se a pessoa dispor de algum sistema de comunicação ou dispositivo, use-o. 

Acima de tudo, dê tempo.

Associação Paralisia Cerebral de São Miguel

EnglishSpanishFrenchGermanPortuguese
× Fale com um especialista